14 de out de 2015

Falar vale prata, o silêncio vale ouro


"Todos tropeçamos em muitas coisas. Se alguém não tropeça em palavra, esse é homem perfeito, e capaz de refrear também todo o corpo".(Tiago 3.2)

 Eu sempre fui a mais comunicativa da família,(o papagaio da família😁) eu falava muito principalmente no início da minha adolecência a ponto das minhas queridas tias me obrigarem a fazer jejum de palavras, é sério! No processo de libertação, falava compulsivamente, por isso, muitas vezes minhas tias tinham, que pedir pra me ficar em silêncio durante alguns minutos, fazendo assim um jejum de palavras, parece engraçado, mas na época a coisa era séria, tadinha delas! 😊 outro dia conto mais detalhes.

Bom não sei se foram os jejuns, mas, hoje muita gente diz que falo pouco (quem não me conhece rsrs). E quando isso acontece, gente! fico tão feliz que me sinto a última garrafinha de água gelada no meio do deserto( brincadeira)😀, pois é uma vitória!!
Falando sério, lembrei-me desse episódio( jejum de silêncio) quando lí esse versículo, realmente nossa língua é algo muito difícil de ser controlado, principalmente para nós mulheres. Não existe nada de errado em ser comunicativa, a questão é saber moderar nossas palavras.

 Na Bíblia podemos encontrar várias passagens onde Deus nos alertar sobre o poder das palavras.
" por que dos muitos trabalhos vêm os sonhos, e do muito falar, palavras néscias". ( Ec 5.3)

Quanto mais falamos, maior são as chances de tropeçarmos em nossas palavras, por isso, temos a obrigação de moderar nossas palavras e avaliar bem tudo que sai da nossas boca, pois, uma vez que falamos algo, não tem como apagar, isso é muito sério! Então pense bem antes de fazer um comentário, antes de expor sua opinião, de sair por aí machucado os outros, palavras não podem ser apagada lembre-se disso.

 No Espírito,
                Josy Barros.




0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Acessos