21 de set de 2015

Simplesmente serva- Joana

"E aconteceu, depois disto, que andava de cidade em cidade, e de aldeia em aldeia, pregando e anunciando o evangelho do reino de Deus; e os doze iam com Ele, e algumas mulheres que haviam sido curadas de espíritos malignos e enfermidades: Maria, chamada Madalena, da qual saíram sete demônios; E Joana, mulher de Cuza, procurador de Herodes, e Suzana, e muitas outras que O serviam com seus bens" (Lucas 8:1-3).

Algumas mulheres tinham o  privilégio de seguir o Senhor Jesus e seus discípulos, me chamou atenção que entre elas estava Joana esposa do procurador de Herodes. O que significa que ela era mulher da alta sociedade, e conhecida. A Bíblia não dar muitos detalhes, porém se sabe que ela foi curada de enfermidades, desde, então, ela assumiu sua fé em Jesus, mesmo em meio a tanta perseguição.

Joana poderia simplesmente ter ficado servido ao Senhor Jesus as ocultas com seus bens, sem confessar a sua fé em público, seria muito mais cômodo, pois ela tinha motivos para isso, afinal ela era esposa de Cuza que era procurador de Herodes que mandou decapitar João Batista, ou seja, esposa do homem de confiança de Herodes.

 Seria muito mais cômodo, mas não! Não foi isso que ela fez, ela decidiu 'Dar', fazer além, ela não só o servia com seus bens, como seguia o senhor Jesus, juntamente com outras mulheres lhes dando assistência, sem medo de assumir a sua fé.

Fiquei curiosa e fui pesquisar mais sobre Joana e descobri que ela também foi uma das mulheres que anunciaram a ressurreição do Senhor Jesus:
"E, voltando do sepulcro, anunciaram todas estas coisas aos onze e a todos os demais.E eram Maria Madalena, e Joana, e Maria, mãe de Tiago, e as outras que com elas estavam, as que diziam estas coisas aos apóstolos". ( Lucas 24.9-10)

Devemos servi-lo não da maneira que queremos, mas, sim da forma que Ele deseja ser servido, muitas vezes fazemos aquilo que temos vontade, aquilo nos dar prazer; quando na verdade o servo bom e fiel faz exatamente aquilo que não tem vontade, ele serve ao seu Senhor em qualquer circunstância.

Na fé,

        Josy Barros.💕🎀🌷

14 de set de 2015

Série como se tornar uma mulher agradável- Dorcas

Havia em Jope uma cidade na costa do Mediterrâneo uma mulher chamada Dorcas. Todos naquela cidade tinham um carinho enorme por ela, principalmente as viúvas, pois muitos homens morriam afogados, e Dorcas por sua vez ajudava as viúvas e os órfãos, fazendo roupas para eles. Seu amor e bondade simplesmente não lhe permitia ficar indiferente ao sofrimento daquelas famílias, por isso, ela pensou numa maneira que pudesse de alguma  ajudá-los, foi então, que passou a usar sua habilidade com costura.

E quando a mesma morreu os habitante daquele lugar muito se entristeceram. Deus usou Pedro para ressuscitá-la; por mais insignificante que pudesse parecer, Dorcas fazia uma grande diferença naquele lugar. Muitas vezes nos anulamos por nos sentirmos incapazes, por não nos acharmos boas o bastante, ou simplesmente por acreditarmos que não temos talento algum.

Tudo isso não passa de uma grande mentira, pois Deus não está a procura de mulheres perfeitas, nem tão pouco dotadas de inúmeras habilidades, Ele simplesmente está a procura de pessoas que tenham um desejo sincero de Servi-lo. Quando focamos em como servi-lo Ele mesmo se encarrega de nos capacitar.

Se você se sente inútil, saiba que Deus conta com você, Coloque toda força naquilo que for confiado em suas mãos, dê o seu melhor,  por mais insignificante que possa parecer, isso fará a diferença na vida de muitos.

Cultive o  amor  pelo próximo e pratique a bondade, certamente você se tornará uma mulher super agradável, assim como Dorcas.

Referencia : Atos  9.36-42


Meninas perdoe-me pela ausência aqui no blog, eu havia dado uma interrompida nessa série, mas estarei dando continuidade na segundas- feira.

Beijinhos,

                     Josy Barros.

Curta minha página:

www.facebook.com/josybarros01

11 de set de 2015

A Lição da mulher siro-fenícia



25 Porque uma mulher, cuja filha tinha um espírito imundo, ouvindo falar dele, foi e lançou-se aos seus pés.
26 E esta mulher era grega, siro-fenícia de nação, e rogava-lhe que expulsasse de sua filha o demônio.
27 Mas Jesus disse-lhe: Deixa primeiro saciar os filhos; porque não convém tomar o pão dos filhos e lançá-lo aos cachorrinhos.
28 Ela, porém, respondeu, e disse-lhe: Sim, Senhor; mas também os cachorrinhos comem, debaixo da mesa, as migalhas dos filhos.
29 Então ele disse-lhe: Por essa palavra, vai; o demônio já saiu de tua filha.(Marcos:7 )

A mulher siro-fenícia estava decida a resolver seu problema, nem que para isso, tivesse que se humilhar aos pés do Senhor Jesus. Essa passagem me chama atenção na forma como Senhor Jesus a tratou, e a forma como ela reagiu.

Pode parecer que o Senhor Jesus foi um tanto rude com ela, mas, o que ele queria, era ver até que ponto ela estava disposta a lutar pela solução do seu problema. As vezes temos que passar por situações que ferem nosso orgulho, para que possamos ser pobres de Espírito e compreender que não somos merecedoras de nada, mas totalmente dependentes D'Ele.

Aquela mulher realmente estava disposta a quebrar seu orgulho, pois, não se sentiu ofendida, pelo contrário, foi muito sábia em sua resposta reconhecendo que não era digna, mas implorando que Ele tivesse misericórdia.

Minha amiga Deus não nos responde por méritos, Ele se faz presente com aqueles que são pobres de Espírito, essa pobreza se refere a humildade. Quando nós dobramos aos pés do Senhor Jesus, Ele prontamente nos ajuda, isso porque, Deus só pode fazer algo por aqueles que são hulmides de Espírito,
reconhecendo suas fraquezas e total dependência n'Ele.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Acessos