29 de out de 2012

ARTESANATO - Rosa de papel crepom


Hoje irei ensinar como fazer rosas de papel crepom, existem vários modelos e esse é o que eu acho mais fácil.


1.Corte o papel crepom em cinco rolinhos, com essa medida eu faço  25 rosas, caso queira a rosa maior corte no tamanho maior.



2.Em seguida vá dobrando o papel ao meio,  vá passando a cola aos poucos e só corte o excesso de papel no final.




3.Passe cola no papel, eu usei cola isopor seca rápido e fica grudando o pepel nos dedos, por isso, é melhor a cola branca própria para papel.







5.Corte o papel verde em rolinhos menores.



6.Passe cola apenas na pontinha do papel, não precisa passar no palito todo.Vá enrolando e no final do palito passe cola e corte o restante do papel. 














Uma dica é mergulhar as rosas na vela derretida, fica linda como se fosse de cera, mas um outro dia ensino a fazer com detalhes










Josemária Barros.


26 de out de 2012

SÓ OS FORTE SABEM AMAR


O Amor dos pais pelos filhos requer sacrifício, pois, muitas vezes eles tem que abrir mão de muitas coisas,trabalhar dobrado, passar noites de angustia em claro quando esses estão doentes,corrigi-los por amor querendo simples mente protegê-los, e as  vezes recebem seu desprezo e incompreensão, e ainda assim continuam a amá-los.Por isso você já deve ter ouvido sua mãe dizer: quando for mãe você me entenderá.

Amor de marido e mulher requer sacrifício e como, quando namoramos temos uma conceito bem diferente desse amor, imaginamos que ele feito de sentimentos, nos casamos pelas qualidade essa é a verdade, nunca ouvir ninguém dizer que se apaixonou pelos defeitos do outro.

Ouvimos inúmeras vezes que o verdadeiro amor só nasce depois do casamento, mas, é muito difícil acreditar nessa frase, não dá para crer que aquele sentimento tão forte capaz de renuncia tudo para viver ao lado do outro não seja amor, e realmente é um tipo amor, mas não o de marido e mulher.

Quando nos tornamos uma só carne, tomamos um choque de realidade porque descobrimos que o amor é um conjunto de atitudes tomadas com base na razão e não nos sentimento do coração.

É preciso aceitar um ao outro como é; gostar um do outro mesmo detestando seus defeitos; Ceder muitas vezes  mesmo estando com a razão; aprender a perdoar sempre, isso mesmo, pois ninguém tem o poder tão grande de magoar como o esposo(a).

Ter amor pelas almas requer sacrifício, não é fácil deixar seus afazeres e sair de casa em um dia escaldante ou extremamente frio, para evangelizar na melhor da intenções quereno  levar ajuda ao sofrido e muitas vezes levar porta na cara, ser chingado, caluniado e difamado. E no final ainda orar por elas.

O amor de Deus pela humanidade é a maior prova que amar requer sacrifício. Ele foi capaz de sacrificar seu único filho por nós. E na maioria das vezes leva a culpa de todas as desgraças que acontecem. Se uma mulher engravida por irresponsabilidade, é porque foi a vontade de Deus; Se alguém morre em acidente trágico por está embriagado, é porque Deus o quis levar.Se as pessoas sofrem com secas e enchentes, por o homem não respeitar a natureza, é porque Deus quer.

Quanta mentira!Quanta injustiça! Seria Deus um pai mal? Por acaso um pai tem prazer no sofrimento do filho? Sinto nojo quando ouço algumas pessoas falarem esse tipo de bobagem.

Em todos os casos a palavra sacrifício estar sempre ligada ao amor. Não pense que amar é ruim, porque,  quem ama sabe que em todos esses casos o amor é gratificante, apesar de todo esforço vale apena amar, mas só fortes sabem amar,pois só os fortes tem coragem e disposição para sacrificar.

Josy Barros.

18 de out de 2012

QUER VOLTAR MAS NÃO TEM FORÇAS?


Imagine duas pessoas que não se dão bem, com hábitos totalmente diferentes, uma gosta de fazer exatamente tudo que  irrita a outra e vice e versa. Não é difícil imaginar como seria a convivência entre as duas, pois é exatamente nessas condições que Espírito e carne vivem.

“Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito contra a carne, porque são opostos entre si ; para que não façais o que, porventura, seja o vosso querer.”(Gl 5.17)

Existe uma grande batalha entre carne e Espírito,  e para que venhamos conquistar a salvação da alma devemos alimentar o Espírito. Se você se se sente espiritualmente fraca, é porque tem alimentado mais a carne; quanto mais distante estiver das coisas espirituais mais forte sua carne estará.

Lute contra a carne! Como? É simples, basta fazer a vontade do Espírito que é exatamente tudo aquilo que a desagrada, pois como a Bíblia fala eles são opostos.

Se você se encontra fraco na fé não espere uma formula mágica para voltar a fé, pois ela não existe.Esse é o grande problema de muitos,  por não ter vontade de ler a Bíblia, orar, jejuar ou ir a Igreja  ficam de mãos atadas, dizem ter vontade de voltar, mas não tem forças  e ficam esperando ter vontade para retornarem,  repito isso não vai acontecer, pois, a única forma  de fortalecer o Espírito é indo contra a própria vontade.

No Espírito,
                     Josy Barros

15 de out de 2012

Flores de origami

O kusudama japonês é uma esfera de papel feito de várias formas de origami idênticas coladas. Eles são lindos e podem ser usados como decoração ou como um presente. Hoje vamos aprender a fazer da forma tradicional japonesa. Há muitos padrões diferentes para fazer uma bola de kusudama, mas acho este padrão o mais fácil para começar.
Até mesmo uma única flor kusudama pode fazer uma bela decoração podendo ser usar em convites, porta guardanapo, chaveiro, marcador de páginas, etc.
O que você precisar para fazer a esfera kusudama é:
60 pedaços de papel cortado em quadrados. As peças são cada 7 x 7 cm ou 3 polegadas quadradas e cola.
Abaixo vou mostrar como fazer a forma básica, você precisa fazer 60 destes. Cada flor terá então 5 dessas formas ou pétalas coladas, fazendo um total de 12 flores.
Dobrar o canto inferior para o topo. Isso fará com que fique um triângulo.
Dobre os cantos esquerdo e direito até a esquina do meio. Isso faz com que fique um quadrado.
Dobre os mesmos pontos para baixo. A borda dobrada vai alinhar exatamente em cima da borda externa da peça.
Abra as abas que você acabou de criar e alise-as.
Dobre os triângulos maiores em sua direção, para que eles estejam ao nível com as bordas do papel. (Isto irá resultar em 3 pétalas pequenas no interior de sua pétala, se você dobrar os triângulos superiores longe de você, isso vai resultar em apenas 1 pétala no interior da pétala – ver variação no padrão abaixo.)
Dobre os triângulos de volta usando o vinco que você fez anteriormente cole os triângulos externos juntos.
 Agora faça mais 5 destas pétalas e colá-los todos juntos. Certifique-se de esperar até que a cola estiver seca depois de cada pétala e tomar o seu tempo. Você vai precisar de 12 flores para completar a bola kusudama.
Cole uma flor na outra de modo que forme uma esfera colocando um cordão no centro. É isso aí! Você terminou a sua bola kusudama, agora encontre um local agradável em sua casa para ela.
Aqui vão algumas idéias de como você pode usar seu origami de maneira criativa, decorando e se divertindo ao mesmo tempo.
Magali da Silva (http://www.cristianecardoso.com)

9 de out de 2012

PRIMEIRO AMOR


Ela olha para todos com um olhar de pureza, ver os propósitos com santidade, ver o próprio lhe falar na pregação do pastor, ama estar na sua casa, faz tudo que é confiado em suas mão com muito zelo e amor.

O tempo foi passando e ela viu muitos que estava a sua volta caírem, viu falha nos que faziam a obra, e agora não conseguem mais confiar em ninguém,  olha para os pastores e esposas com malícia, Já não ouve Deus lhe falar na pregação, não participa dos  propósitos e campanha e quando  participa apresenta qualquer coisa para Deus, ou melhor para Igreja, porque, agora é assim que ela pensa, ver todos com maliícia e desconfiança.

Quando lhe era dada uma responsabilidade ela vibrava de alegria, agora encara como uma obrigação chata, ela vibra sim, mas, agora quando não lhe é dada nenhuma responsabilidade.

Eu pergunto o que aconteceu? De quem é a culpa?Seria culpa das perseguições? Escândalos?Não! mil vezes não! O único culpado pelo estado espiritual que  você se encontra é você mesma.O fato é que você abandonou o primeiro amor.Ap 2. 4-5

Deus tem lhe dado a chance de se arrepender , e o que você precisa é voltar a prática das primeiras obras, simples assim! Faça o que você fazia antes, claro que agora será mais difícil, pois agora terá que lutar contra si mesma, para fazer o que antes fazia com amor.Não fique esperando que Deus faça você voltar ao primeiro amor, é você que tem que voltar ao primeiro amor.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Acessos