25 de set de 2012

PERIGO! ORGULHO, ARMA LETAL.


 Ela é bonita, inteligente, elegante, sempre se destaca no que faz, mas, tem um defeito é orgulhosa; e por causa, do seu orgulho todas as suas qualidades se tornam vãs. Pessoas orgulhosas são extremamente difíceis de se conviver, ninguém aguenta ficar muito tempo perto de alguém que se acha superior e está sempre certa aos próprios olhos.

O orgulho é como um vírus, uma vez que entra em você se não for combatido se espalha facilmente. E o pior orgulhoso são religiosos  que se denominam santos, mas demonstram um caráter muito pior que o de muitos incrédulos. “Porque se alguém se julga ser algum coisa, não sendo nada, a si mesmo se engana”.(GL 6.3)

Não podemos evitar que sentimentos ruins batam na porta de nossos corações, mas podemos evitar que eles entrem. O justo faz diferença entre o perverso, não porque se julga melhor que os outros, mas, porque tem o mesmo caráter de Deus e , portanto, se comporta como sua filha dando bons frutos.

O perverso olha para o próximo com malícia, indiferença e desprezo.O justo olha com amor, pois a principal característica de uma pessoa nascida de Deus é o amor pelo próximo.

Josy Barros

14 de set de 2012

LEITE DERRAMADO


 Algumas pessoas vivem presas ao passado, usam suas lamentações para justificar o seu presente fracassado. Acreditam que se tivesse feito da outra forma tudo seriam diferente, então, começam a fantasiar toda uma vida em suas cabeças.

 É como se de certa forma viver nesse mundinho imaginário lhe trouxe-se uma sensação de bem estar.Só que esse mundinho a impede de vive, o presente, lamentações nos amarram, elas e nos impedem de enxergar o futuro.

 Se você derrama leite no chão o melhor a fazer é pegar logo um pano e começar a limpar tudo, e providênciar um novo copo com leite,lamentar não fará o leite retornar ao copo e ainda lhe fará se aborrecer ainda mais com a perca tempo.

 Pare de ficar imaginando como teria sido sua vida se tivesse escolhido a opção B, até porque talvez estaria tão infeliz quanto agora.Liberte-se do passado, e pare de ficar imaginando como teria sido algo que você jamais saberá.Viva o presente e garanta um futuro de sucesso.

 Amiga invista seu tempo no que realmente vale a pena, se tem que projetar algo,  faça projetos para o futuro, pois máquina do tempo ainda não foi inventado; lembre-se fantasiar o passado só serve para nos amarrar.

No Espírito,
                  Josy Barros.


11 de set de 2012

Veneno para matar a sogra!


Era uma vez, uma jovem chamada Lin, que se casou e foi viver com o marido na casa da sogra. Depois de algum tempo, começou a ver que não se adaptava à sogra. Os temperamentos eram muito diferentes e Lin cada vez se irritava mais com os hábitos e costumes da sogra, que criticava cada vez com mais insistência.

Com o passar dos meses, as coisas foram piorando, a ponto de a vida se tornar insuportável. No entanto, segundo as tradições antigas da China, a nora tem que estar sempre ao serviço da sogra e obedecer-lhe em tudo.

Mas Lin, não suportando por mais tempo a idéia de viver com a sogra, tomou a decisão de ir consultar um Mestre, velho amigo do seu pai. Depois de ouvir a jovem, o Mestre Huang pegou num ramalhete de ervas medicinais e disse-lhe:
“Para te livrares da tua sogra, não as deves usar de uma só vez, pois isso poderia causar suspeitas. Vais misturá-las com a comida, pouco a pouco, dia após dia, e assim ela vai-se envenenando lentamente.
Mas, para teres a certeza de que, quando ela morrer, ninguém suspeitará de ti, deverás ter muito cuidado em tratá-la sempre com muita amizade. Não discutas e ajuda-a a resolver os seus problemas.

Lin respondeu: “Obrigado, Mestre Huang, farei tudo o que me recomenda”.
Lin ficou muito contente e voltou entusiasmada com o projeto de assassinar a sogra. Durante várias semanas, Lin serviu, dia sim dia não, uma refeição preparada especialmente para a sogra. E tinha sempre presente a recomendação de Mestre Huang para evitar suspeitas: controlava o temperamento, obedecia à sogra em tudo e tratava-a como se fosse a sua própria mãe.

Passados seis meses, toda a família estava mudada. Lin controlava bem o seu temperamento e quase nunca se aborrecia. Durante estes meses, não teve uma única discussão com a sogra, que também se mostrava muito mais amável e mais fácil de tratar com ela. As atitudes da sogra também mudaram e ambas passaram a tratar-se como mãe e filha.

Certo dia, Lin foi procurar o Mestre Huang, para lhe pedir ajuda e disse-lhe:
“Mestre, por favor, ajude-me a evitar que o veneno venha a matar a minha sogra. É que ela transformou-se numa mulher agradável e gosto dela como se fosse a minha mãe. Não quero que ela morra por causa do veneno que lhe dou.
” Mestre Huang sorriu e abanou a cabeça: “Lin, não te preocupes. A tua sogra não mudou. Quem mudou foste tu. As ervas, que te dei, são vitaminas para melhorar a saúde. O veneno estava nas suas atitudes, mas foi sendo substituído pelo amor e carinho que lhe começaste a dedicar.


Na China, há um provérbio que diz: “A pessoa que ama os outros também será amada”. 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Acessos