26 de dez de 2011

PEQUENOS GESTOS QUE FAZEM DIFERENÇA - parte I

Lá estava eu e Bilucha ( tia Jocilene) sentadas no sofá se reclamando de dores nas pernas.Tinha sido um dia muito puxado. A casa do vovô estava em reforma eles estavam passando uns dias numa casa ao lado. De repente entra vovô Teobaldo falando:"Vamos!vem ver como ficou o telhado."

Olhamos uma para outra com aquela cara de desanimo:"Tem que ser agora?."

Antes de dizermos não ele nos agarrou pelo braço e nos puxou(tinha essa mania) .
Chegando lá ele acendeu a lâmpada  e com um sorriso enorme no rosto falou:"Olha ficou bom né?

Então Bilucha disse:Agora assim tá começando a fica bonita,quando ajeitar a frente da casa vai ser a mais bonita do bairro.Ele ficou todo empolgado,ele estava muito alegre, muito mesmo.

Ao sairmos de lá não parávamos de falar o quanto ele estava feliz,e que ainda bem que nos tínhamos ido ver com ele.

O teto era horrível ele nunca havia mandado concertar em 47 anos de casado.Segundo ele aquele era o presente que ele nunca havia dado a minha avó. Então dá para imaginar o quanto foi importante aquele pequeno gesto de ter ido ver o telhado novo e o elogiado.Era um sinal de estávamos vendo e reconhecendo o seu esforço.

Aquele sorriso ficou tão marcado em minha memória, e alguns dias depois eu pude entender o porquê.Aquele era o ultimo sorriso que eu teria  do meu avô.

Quantas são as vezes que somos tão incessíveis e não percebemos a importância de pequenos gestos.

As vezes tudo  que essa pessoa precisa é que você passe por ela e dê um sorriso, para deixá-la contente.

As vezes tudo que sua mãe precisa é só que você elogie o bolo que ela fezcom tato carinho, para perceber que você aprecia o que ela faz.

As vezes tudo que seu pai precisa é só que você pergunte como ele está, para entender que você se preocupa com ele.

As vezes tudo que sua esposa precisa é só que você elogie seu novo corte de cabelo, para perceber que você ainda repara nela.

As vezes tudo que seu marido precisa é só que você abra a porta sem a cara amarrada, mas um ar de felicidade ainda que você esteja cansada, para sentir que você estava ansiosa pela presença dele.

As  vezes tudo que essa pessoa precisa é só que você  a convide para ir a Igreja, para aceitar seu convite.

São pequenos gestos que fazem grande diferença.Muitas vezes você diz que deseja ser usada grandemente por Deus, mas não permite que Ele te use nem mesmo em pequenas coisas.

No Espírito,

                    Josy Barros.

19 de dez de 2011

É HORA DA FAXINA !!!

Quando vou fazer uma faxina geralmente começo pelos armários tirando todas as coisas velhas e desnecessárias.Quando pequena tinha mania de guardar coisas, era do tipo que se alguém me desse um bombom guardava o papel de recordação colado no meu diário(muita adolescente faz isso).Quando me casei tive que me desfazer de muitas coisas.Eu tinha uma caixa cheia de cartinhas de amigas que ganhei quando ainda era criança,cartões de aniversário,até a minha primeira meia que usei quando nasci,ela era branquinha com linhas vermelhas e duas bolinhas.kkkkkkkkk

Esse hábito me rendeu muita bagunça, pois de tanto acumular coisas chegava a não saber mais onde guardá-las, mamãe ficava louca. Hoje me libertei disso, tive que aprender a mim desprender das coisas,afinal vivo mudando de cidade, definitivamente não dá para ficar acumulando coisas desnecessárias.

Mas o que me fez lembrar essa mania foi que recentemente descobri uma outra, mas dessa vez não se tratava de guardar presente, mas sim de guardar coisas por pura DISTRAÇÃO, por exemplo:Vou colocando na carteira aqueles recibos de Super Mercado,extratos de banco...Quando vou ver lá está meu esposo esvaziando ela e jogando uma montanha de papéis fora.O mesmo acontece com os armários da cozinha, e a geladeira,os alimentos vão acabando, e eu sem perceber coloco as embalagens vazia no mesmo lugar. Meu esposo abre o armário e com um sorriso no rosto pergunta:"amor pra que é isso?É para guardar de recordação?."

É engraçado não sei de onde tirei isso, porque sou muito de arrumar e limpar as coisas, essa é minha maior qualidade como dona de casa, procuro manter a casa sempre limpa e uma vez por semana faço faxina em cada cômodo da casa ,afim de não acumular sujeira,sempre gostei de faxinar mesmo quando era solteira.

O mesmo acontece com o nosso coração, muitas vezes guardamos tanta recordação do passado e ficamos tão presos a elas,que de vez enquando falta espaço para vivermos o presente.

Outras vezes o que guardamos é sujeira mesmo!Por pura distração ou comodismo.Aquele ressentimento que julgamos tão bobo e com o tempo se torna uma mágoa enorme, assim por diante. São picuinhas que com o tempo se tornam em problemas monstruosos.

Aprendi um truque quando vou fazer faxina, não olho mais para o que está dentro daquelas caixas velhas, jogo fora e pronto,caso contrário, começo a olhar para elas e vou separando,quando vou ver guardei tudo de volta.

Do mesmo modo devemos fazer com o nosso coração jogar fora tudo que não presta,sem olhar para o que a levou a guardar aquela: mágoa, dúvida, medo, raiva...se você olhar para trás e relembrar os motivos que a fez guardar esses sentimentos provavelmente acabará desistindo de perdoar e seguir enfrente na sua limpeza.

Josy Barros.

12 de dez de 2011

A SÓS COM DEUS

Existem momentos em que nos sentimos perdidos,sozinhos, confusos e até incompreendidos.É como se ninguém consegue entende-lo, até porque, nem você mesmo se entende.São nessas horas que estamos tão tristes e não podemos contar com ninguém que nos lembramos da arma mais poderosa que temos,do elo que nos liga Aquele que realmente nos conhece: a oração.

Muitas vezes o próprio Deus permite que passemos por esses momentos, afim de nos fazer  se lembrar d'Ele, pois, são nessas horas de solidão que o buscamos com toda intensidade e de todo coração.

A oração nada mais é que uma conversa, a grande diferença está em com quem você conversa:com Aquele que não aponta o dedo para você, mas o mostra o caminho certo;Que o compreende, pois, conhece o seu interior;Que nunca se cansa de te ouvir, nem está ocupado demais, mas, está 24h a sua disposição;Que acredita em você quando nem você mesmo acredita mais.

Como podemos nos esquecer de algo tão maravilhoso? Porém infelizmente parece que nos esquecemos quando tudo vai  bem e acabamos  relaxando na oração. Então é preciso tudo de novo para cair a fixa.

Vamos mudar esse ciclo vicioso e ter um relacionamento intimo com Deus constate,sem esperar pelas tribulações,ou momentos de sufoco.

Vamos ficar a sós com Deus!

No Espírito,
                          Josy Barros.

SIGA O BLOG DO MEU ESPOSO:prcleilsonbarros.blogspot.com

3 de dez de 2011

FERIDAS ABERTAS

Todos nós passamos por momentos difíceis, não existe nenhum que não tenha vivido um momento ruim. Ao longo de nossas vidas adquirimos cicatrizes, porém, algumas feridas são tão profundas e dolorosas  que se tornam quase impossíveis de serem cicatrizadas, isso porque, estão infeccionadas pelo ódio, mágoa e incapacidade de perdoar.

Talvés lá no fundo você prefira assim, que elas continuem abertas, você não quer que elas cicatrizem porque, quer se lembrar da dor e assim alimentar seu ódio, mas eu pergunto o que você ganha com isso?


Odiar os que te machucaram não fará com que eles sitam sua dor, o único prejudicado nessa história está sendo você que está revivendo o sofrimento. Sendo assim não é justo continuar a se machucar.


Liberte-se disso, limpe suas feridas e permita que elas cicatrizem, pois, você sairá ganhando deixando de sentir dor e dando a volta por cima.


Não permita que suas feridas do passado estraguem seu presente, comece a tratá-las hoje mesmo,e garanta um futuro sem dor.


        Josy Barros.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Acessos