24 de abr de 2010

O TEMPO NÃO PARA


Quando eu era criança sonhava com a chegada das férias ,nessa época eu e meus primos íamos para o sítio dos meus avós maternos.Lá agente se divertia muito,era como se aquele fosse um mundo só nosso.Agente fazia barracas na mata,tomávamos banho de riacho ,inventávamos personagens ,cada um com poderes especiais.

Como acontece com todo mundo ,nós crescemos,e as coisas foram mudando ou melhor ,nós mudamos.As férias chegavam ,porém ,já não fazíamos as mesmas coisas ,cada um adquiriu uma maneira de ser,novas metas,responsabilidades....


Hoje lembro-me desses momentos com saudades ,e parece que foi ontem,aliás não faz tanto tempo a,final tenho apenas 20 anos.Quando olho para aqueles lugares vejo que ainda que nos reuníssemos de novo,e voltasse lá,não faríamos as mesmas coisas,porque as pessoas podem ser as mesmas,os lugares os mesmos ,mas o tempo nunca será o mesmo.

O que quero dizer é que o tempo não para ,o ontem nunca voltará e o hoje jamais se repetirá ,cada momento é único.Por isso devemos viver cada instante de nossas vidas com intensidade,e nunca deixar para fazer amanhã o que podemos fazer hoje,afinal nem sabemos se estaremos aqui amanhã.

Tudo que fizermos hoje reflectirá no amanhã.Quantas pessoas se arrependem hoje por as coisas que fizeram ou deixaram de fazer no passado?E quantas quem sabe não adorariam inventar uma máquina do tempo para voltar ao passado e concertar seus erros?

"Então cuidado com o que você faz e também com o que deixa de fazer hoje.Lembre-se hoje é um dia único e nunca mais se repetirá."

Firme na fé,
Josy Carvalho.

5 de abr de 2010

RUTE

Rute era uma jovem moabita ,e sua história começa quando sua sogra Noemi estimula ela sua cunhada Orfa a voltarem para suas famílias e a deixá-la .Naquele instante as duas tinham uma grande decisão a tomar.

A princípio ,Orfa resistiu voltar para sua parentela,mas logo atendeu ao pedido de Noemi.Rute por sua vez escolheu a parte mais difícil,a de ficar com sua sogra.Optou por um futuro incerto sem saber onde dormiria ,se alimentaria ,ou sobreviveria duas viúvas sozinhas.

Rute poderia ter feito o mesmo que Orfa,voltar para casa de seus pais,para os seus deuses,casar-se novamente e assim reconstruir sua família,afinal de contas ela era jovem ,no entanto, ela disse em outras palavras para Noemi : eu escolho você e o seu Deus.

Ao chegar na terra de Noemi ,ela assumiu a tarefa de arranjar alimentos para o sustento das duas; logo de manhã cedo já estava de pé para sair pelos campos em busca de cereais.

Todos daquela cidade observaram o cuidado de Rute para com Noemi ,em especial Boaz.Respondeu-lhes Boaz e lhes disse:Bem me contaram tudo quanto fizestes a tua sogra ,depois da morte do teu marido,e como deixastes a teu pai ,e tua mãe,e a terra onde nascestes e viestes para um povo que dantes não conhecias.(Rt 2.11)

Boaz viu em Rute bondade para com sua sogra disposição para o trabalho,sua graciosidade e integridade de caráter,ela era uma mulher virtuosa .Ele a tomou por esposa ,por conhecer o seu valor.

Por abrir mão de sua família ,seus costumes,sua cidade ,e seu povo,para servir ao Deus de Noemi,ela foi honrada. Rute teve um filho ,esse veio ser avô de Davi ,o que fez de Rute uma ex pagã ,a bisavó de um grande rei e salmista.Além disso teve o seu nome registrado para sempre na bíblia.

Rute tinha duas escolhas a fazer,assim como nós que estamos sempre diante de duas escolhas;Seguir a voz do coração,ou seguir a voz da fé.Nossa vida é o resultado das escolhas que fazemos,sempre colheremos os frutos que plantarmos .Ela escolheu aquilo que para todos era loucura, fez a escolha certa.



Josemária Carvalho
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Acessos